Ir para o conteúdo

Prefeitura de São Roque e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de São Roque
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
04
04 AGO 2022
SAÚDE
Já ouviu falar do Monkeypox?
enviar para um amigo
receba notícias

Você conhece o Monkeypox? O vírus tem se espalhado pelo mundo e já contamos com diversos ocorrências aqui no país, incluindo o primeiro caso em São Roque. O Departamento de Saúde Municipal confirmou, nesta quarta-feira (3), o primeiro caso positivo de Monkeypox na cidade. O paciente contraiu a doença fora da cidade e, neste momento, encontra-se com quadro de saúde estável e em isolamento domiciliar. Ele e seus contatos diretos estão sendo monitorados pela Vigilância Epidemiológica Municipal.

Com este novo quadro é importante que saibamos mais sobre esta patologia.

O que é?

O Monkeypox é um vírus faz parte da mesma família da varíola. Mas é importante salientar que o atual surto não tem a participação de macacos na transmissão para seres humanos. A infecção acontece apenas entre pessoas, através de contatos íntimos como beijos, abraços, relações sexuais, massagens, secreções respiratória ou por contatos com objetos, tecidos ou superfícies utilizadas pelo doente.


Quais são os sintomas?

Os principais sintomas da doença são o aparecimento de lesões parecidas com espinhas ou bolhas que podem surgir no rosto, dentro da boca ou em outras partes do corpo, como mãos, pés, peito, genitais e outras partes do corpo. Caroços no pescoço, axila e virilhas, febre, dor de cabeça e calafrios, acompanhados de cansaço e dores musculares, também estão entre os sintomas.


O que fazer se tiver os sintomas?

Caso a pessoa apresente algum sintoma, deverá procurar o posto de saúde ou unidade hospitalar mais próximo da sua residência. A equipe de saúde de São Roque está capacitada para realizar o acolhimento, tratamento e monitoramento das pessoas acometidas pela doença, alinhadas as orientações definidas pela Secretaria Estadual de Saúde e Ministério da Saúde.


Como me prevenir?

Para evitar o contágio pela doença, é necessário evitar o contato íntimo ou sexual com pessoas que tenham lesões na pele, além de higienizar as mãos com frequência utilizando água e sabão. É importante também não compartilhar roupas de cama, toalhas, talheres, copos ou objetos pessoais ou brinquedos. O uso de máscara também é essencial, protegendo contra gotículas e saliva.

Em caso de dúvidas, é necessário entrar em contato através do número 0800 16 25 50. As informações fornecidas serão preservadas pela equipe de saúde.

Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia